Mamífero sou

Não tem sido fácil. Hibernei por razões diversas, distanciei-me da prosa e desse veículo de comunicação. Caminhando com a mochila nas costas passei por memoráveis obras do destino e testemunhei, em número absolutamente menor, a miséria humana, seja ela material ou espiritual.

Não tem sido fácil, como invoquei, mas também não é tão difícil assim.

Viajar, pôr-se em movimento constante, renunciar ao conforto daquilo que se entende por lar –

Lar:

substantivo masculino.

Casa; família: casou-se para ter um lar.

A pátria, a terra natal.

Pois bem, afastar-se dessa noção de pertencimento altera a bioquímica que rege o cérebro e os fecundos pensamentos que dele brotam. Ou não, afinal não se pode afirmar que aquilo que pensamos, sentimos ou intuímos se origina tão somente na massa cinzenta. Há muita sabedoria no entendimento de que também o estômago influencia a sanidade e a fluidez articular e muscular promovem uma igual harmonia nos sentimentos.

Nesse caminho para a distância passei a ouvir os clamores pelo retorno. Por um momento me senti tal Cristo, dada a quantidade de “volte logo” que a mim chega. Entretanto, ouvi de pouquíssimas pessoas algo que singelamente se diferencia quanto a mensagem que entrega: “você faz falta”; essa frase entrega calor, enquanto aquela se baseia no imperativo, na ordem do regresso independente se a minha vontade vai de encontro ao anseio daquele que com a minha ausência sofre.

Estar longe de amigos, do amor, da família, tudo isso é uma penúria, confesso, mas a estrada é indizivelmente prazerosa. Uma coisa compensa a outra.

E, sobre os infortúnios que me sucederam, sobre os espíritos de porco que encontrei, não darei aqui palanque para essa tristeza.

O mote do blog é a ordenha cósmica, esse peculiar ato de saber extrair, não só com delicadeza como também firmeza, o doce leite que jorra das grandes e opulentas tetas do universo. E mamífero sou por natureza e, ademais, por excelência.

Caminhemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s